Descrição do Projecto

Fomos o projecto escolhido para realizar o design da Exposição/Instalação “Sal de Aveiro. Sal do Mundo” patente na sala de exposições temporárias do Museu da Cidade. Trata-se de uma exposição que faz o arranque de AVEIRO CAPITAL PORTUGUESA DA CULTURA 2024 cujo mote é O Ano como palco. Um cenário infinito.
 
Num trabalho colaborativo com a curadora da exposição, Marzia Bruno e participação de Patrícia Sarrico criamos o conceito, todos os suportes de divulgação e comunicação nas redes sociais, assim como as peças e as bases das instalações: a “sala do tesouro”, onde ficou instalado o testamento de Mumadona Dias, com a primeira referência conhecida a Aveiro e suas salinas ou marinas, o “palheiro”, o “tapete” e a “escada”, posteriormente revestida, na sua totalidade, a sal.
O conceito curatorial da exposição “Sal de Aveiro. Sal do Mundo” foi idealizado com o intuito de interligar três aspetos: os conteúdos históricos com tónicas relevantes no contexto do sal de Aveiro versus a importância histórica que o mesmo teve em relação ao mundo; agregar obras artísticas emblemáticas de diversos séculos, com o intuito de narrar, simbólica e artisticamente a importância do salgado aveirense; e, por fim, não de somenos importância, com a interpretação e criação de instalações artísticas, adaptadas ao lugar, tecer figurativamente os conteúdos recolhidos para conglutinar o corpo da exposição, num todo, e tornar viva e interativa para o público a simbologia do salgado aveirense. O conceito expositivo foi pensado para proporcionar, ao visitante, liberdade na leitura, pelo que a mesma não teve um sentido cronológico direcionado.

A criação da exposição teve várias fases, desde a concepção inicial da imagem até à preparação dos designs das peças da instalação.

cartaz sal de aveiro sal do mundo exxa
triptico sal de aveiro sal do mundo exxa
folha de sala sal de aveiro sal do mundo exxa
post sal de aveiro sal do mundo exxa

Piso 0
A produção e o comércio de sal em Aveiro ao longo dos tempos.

Binómio de painéis parede/chão com mapa e ondas para fazer a ligação da história das exportações, através de fios coloridos.
As escadas de acesso ao Piso 1 seguiram o padrão de ondas previamente utilizado para fazer “embarcar” o visitante na viagem que o espera, reforçado pelo som de ondas e mar que se faz ouvir no espaço.
A folha de sala inclui três espaços em forma de pirâmide de sal, para que o visitante, ao longo do percurso da visita, vá colando autocolantes de igual formato, envolvendo-o e permitindo-lhe ter uma recordação mais ativa da exposição.

exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade1
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade2

Piso 1
Contexto científico, alimentar e cosmético.

Ao subir as escada, encontramos a primeira de duas instalações: Uma “escada” construída externamente e montada no local. Esta escada foi posteriormente coberta de forma integral com sal das marinhas de Aveiro. Representa uma secção das “saias”, abas que se iam fazendo nos montes de sal à medida que estes iam crescendo.

Neste piso encontramos também um tapete que, junto com uma divisória subtilmente iluminada, convida o visitante a aceder à sala do serviço educativo.

Aqui também começamos a encontrar algum do espólio, que se encontra exposto nas prateleiras personalizadas que desenhámos e construímos de raiz. São compostas por pirâmides quadrangulares, símbolo dos montes de sal. Têm a particularidade de, juntas, formarem um cubo, forma tridimensional da molécula de sal.

De salientar que todas as peças da instalação foram alvo de estudos 2D, 3D e, posteriormente, de testes em realidade aumentada, realizados no local onde cada peça viria a ser exposta.

O espólio encontra-se protegido por campânulas de acrílico com fechos de segurança.

exposição sal de aveiro. sal do mundo escada museu da cidade
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade4
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade8
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade9
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade7
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade26

Piso 2
Lendas e Costumes.

Ao subir para o segundo piso, encontramos a primeira de três instalações: Um “palheiro” construído externamente e montado no local. É uma representação direta dos palheiros encontrados nas marinhas de sal e que serviam de apoio, abrigo e para arrumo das alfaias. Esta instalação tem a particularidade de ter, recortada em todas as faces, a palavra “sal” em diversas línguas do mundo. Iluminada a partir do interior, estas palavras projetam-se nas paredes ao redor e no teto, criando uma atmosfera muito particular e original.

Aqui encontramos o resto do espólio, que se encontra exposto nas prateleiras personalizadas que desenhámos e construímos de raiz.

A segunda instalação é uma montagem feita com reproduções de fotos antigas, pertencentes ao arquivo do município de Aveiro. As reproduções foram impressas em tela canvas e montadas em frames de madeira com diversos tamanhos.

A terceira e, na verdade, o mais importante espaço da exposição é o que convencionamos chamar de “sala do tesouro”. É uma divisória criada de raiz num espaço do museu que estava desaproveitado. Totalmente pintada e forrada a preto mate de forma a proteger da luz os documentos lá depositados.
Ai foram reproduzidos diversos documentos importantes do espólio do município e é onde está o ex-libris da exposição: o documento original (pelo menos o mais antigo conhecido) do testamento de Mumadona Dias, datado de 959, que é o primeiro registo do topónimo de Aveiro (Suis terras in Alauario et Salinas) e das respetivas salinas ou marinhas. Foi temporariamente cedido para esta exposição pela Torre do Tombo.

exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade24
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade25
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade15
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade21
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade16
exposição instalação sal de aveiro. sal do mundo testamento mumadona dias alavario museu da cidade18

Catálogo

Realizamos ainda a paginação, arranjo gráfico, tratamento de fotos e impressão do catálogo da exposição

catalogo 1 sal de aveiro sal do mundo exxa
catalogo 4 sal de aveiro sal do mundo exxa
catalogo 3 sal de aveiro sal do mundo exxa
catalogo 2 sal de aveiro sal do mundo exxa

Design, pré-produção e montagem

Como referido, todas as peças da instalação foram alvo de estudos 2D, 3D e, posteriormente, de testes em realidade aumentada, feitos no local onde cada peça viria a ser exposta. Deixamos aqui alguns desses elementos, como provas de conceito.

esquema 2d
prateleiras 700 unidas
prateleiras 1000 unidas
prateleira
prateleira 700 esq dir
palheiro e escada
escada instalação artística sal de aveiro
tapete instalação artistica sal de aveiro exxa design
palheiro sal de aveiro prova de conceito
palheiro 3d
palheiro sal do mundo prova de conceito exxa design
palheiro current view

Realidade Aumentada

realiadade aumentada exposição aveiro exxa design digital
realiadade aumentada exposição exxa design digital